Amor e serviço, dois fundamentos da Igreja, segundo o Papa

Vaticano, 26 Abr. 18 / 09:40 am (ACI).- O Papa Francisco manifestou que o fundamento da Igreja se encontra no serviço e no amor e convidou a sempre deixar-se amar por Deus.

O Santo Padre comentou o Evangelho do dia do Lava-pés e indicou que da Eucaristia e do Lava-pés “nascem os dois mandamentos que farão crescer a Igreja se formos fiéis”.

O Papa recordou que sem “o amor sem limites” a “Igreja não vai para frente, a Igreja não respira”.

“Sem o amor, não cresce, transforma-se numa instituição vazia, de aparências, de gestos sem fecundidade. Ir ao seu corpo: Jesus diz como devemos amar, até o fim”.

O Pontífice recordou as palavras de Jesus quando afirma que “o servo não está acima do seu senhor e o mensageiro não é maior que aquele que o enviou”.

“A consciência de que Ele é maior do que todos nós, e nós somos servos, e não podemos ultrapassar Jesus. Ele é o Senhor, não nós. Este é o testamento do Senhor. Ele se dá de comer e beber e nos diz: amem-se assim”.

“Lava os pés e nos diz: sirvam assim, mas estejam atentos, um servo jamais é maior do que aquele que o enviou, do que o senhor. São palavras e gestos contundentes: é o fundamento da Igreja. Se formos avante com essas três coisas, nunca vamos errar”.

Francisco então convidou a “deixar que o olhar de Jesus entre em mim. Sentiremos tantas coisas: sentiremos amor, sentiremos talvez nada… ficaremos bloqueados ali, sentiremos vergonha. Mas deixar sempre que o olhar de Jesus venha. O mesmo olhar com o qual olhava, naquela noite, os seus na ceia. Senhor, conhece, sabe tudo”.

Fonte: ACI